quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Lembranças

Você talvez não saiba,mas eu me lembro!
Me lembro das tardes compridas;
Em que nada para fazer;
Resumia-se no prazer;
De juntar nossas risadas,nossas vidas.
Você talvez não saiba,mas eu me lembro!
Do seu rosto quando chateada;
Dos seus olhos quando chorava;
De como me magoava;
Quando você se afastava.
Você talvez não saiba,mas eu me lembro!
Daquele dia no cinema;
Do último papo na escada;
De te ver angustiada por eu não dizer nada.
Você talvez não saiba,mas eu me lembro!
De quando voce me beijava;
De quando eu te tocava;
Dos planos que nós faziamos;
Do tudo que virou nada.
Você talvez não saiba,mas eu me lembro!
De não querer te deixar ir embora;
De como me olhava antes de fechar a porta;
De não te ter ao meu lado agora.
Você talvez não saiba;
Mas eu nunca quis me prender tanto a você;
Nunca imaginei que gostaria tanto de você;
A ponto de escrever;
Para alguém que nunca vai ler;
Que talvez nunca mais eu vá ver;
Mas que se encontra presente em minha vida;
Como fotos do passado que se tronam presentes no instante em que voce as olha;
Como tudo que acaba mas nunca vai embora.

Um comentário:

greicy disse...

faznedo uma visitinhaa!
bjO